Gabarito Ex-Painel 5

 

Gabarito:

1) C     2) B    3) A    4) E     5) D     6) D    7) C     8) E     9) D     10) E    11) C    12) A    13) C

14) B     15) B     16) A     17) B 
18) a) Napoleão, com suas conquistas, expandiu as doutrinas liberais revolucionárias de 1789. Por meio de 
instituições como o Código Civil, assegurou a liberdade econômica e o direito de propriedade. 
b) As guerras napoleônicas temporariamente desestruturaram as monarquias ibéricas, acelerando o processo de emancipação das colônias latino-americanas, ao fragilizar o Pacto Colonial      19) C
20)  a) A conquista napoleônica da Espanha, destituindo o governante Bourbon e coroando José Bonaparte, efetivou a premissa de Robespierre de que “ninguém estima os missionários armados”. A Espanha apresentou uma intensa e poderosa resistência às tropas francesas, inviabilizando a manutenção do domínio imperial bonapartista. 
b) O exemplo atual, que também dá validade ao texto de Robespierre, é a intervenção das tropas norte-americanas no Iraque, com a continuada resistência da população aos invasores. 
21) ) A Revolução Francesa e o Império Napoleônico. 
 O princípio da legitimidade que visava restaurar os Estados europeus aos seus monarcas legítimos, isto é, os que governavam antes da Revolução Francesa, outra proposta era restabelecer as fronteiras nacionais desse mesmo período e o outro era do equilíbrio europeu, que fundamentava-se no restabelecimento das relações de força entre as potência europeias, através da divisão territorial do continente e também da posse de colônias.      22) A     
23) A Santa Aliança foi um acordo envolvendo a cooperação militar das monarquias russa, prussiana e austríaca. O objetivo fundamental desse acordo era impedir a deflagração de outros movimentos de caráter liberal pela Europa e o combate das lutas de independência estabelecidas no continente americano.
24) B    25) 31    26) 12
27) Nessa época, as monarquias da Europa tentavam frear o movimento revolucionário francês, que se consolidava por meio do triunfo político e militar do imperador Napoleão Bonaparte. Para tanto, as diversas monarquias europeias mobilizaram forças para derrubar o governo francês e, desse modo, restaurar a autoridade monárquica da França.
28) Entre todas as nações que se opunham ao governo de Napoleão, a Inglaterra era a nação que tinha maior poder econômico e que tinha uma força marítima que não poderia ser vencida pelos franceses. De tal modo, o governo britânico assumia uma posição de liderança como a nação provida por recursos que poderiam interromper os avanços e as conquistas francesas.

 

29) Foi um decreto expedido por Napoleão Bonaparte em que todas as nações da Europa estariam expressamente proibidas de estabelecer relações comerciais com a Inglaterra. Por meio dessa ação, Napoleão Bonaparte procurava enfraquecer a economia inglesa, afetando, consequentemente, o poderio militar britânico nos conflitos envolvendo as duas nações.    30) A

 

31) A Concordata de 1801, pela qual o Papa aceitou o confisco dos bens da Igreja e, em troca, o Estado ficou proibido de interferir no culto. Os bispos investidos nas funções religiosas pelo Papa, prestariam juramento de fidelidade ao Estado e as bulas papais só entrariam em vigor depois de aprovadas por Napoleão. 

 

32) O Código Civil Napoleônico foi inspirado no Direito romano, assegurava conquistas burguesas como a igualdade do indivíduo perante a lei, o direito à propriedade e a proibição de organização de sindicatos e greves.